quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Os Maçons

Na próxima sexta-feira, no Centro Cultural, terá lugar um evento sobre a Maçonaria incluindo, e é mesmo assim anunciado, algumas referências a Campo Maior.
A origem da maçonaria é obscura e levanta sempre grandes dúvidas entre os historiadores. A versão mais unânime é que este movimento terá tido início em França, durante a Idade Média, entre os operários especializados na construção de catedrais. Desde a antiguidade, os construtores que detinham conhecimentos especiais, constituíam uma espécie de aristocracia entre as demais profissões. Tinham benefícios e isenções de taxas e por isso eram chamados de Franc-maçon, organizando-se em colégios.
Os pensadores mais progressistas da época procuraram refúgio entre esta classe social dando origem à maçonaria numa forma mais próxima da ideia que hoje teremos dela. Os seus membros, cultivadores das ideias do Iluminismo e de valores como a Liberdade, Igualdade e a Fraternidade, caracterizavam-se por valores humanistas e intelectuais. Evidentemente esta forma de estar trouxe-lhe grandes adversários ao longo da história entre eles Hitler, mas também entre a igreja católica, chegando o papa Leão XIII a apelidar a organização como o reino de Satanás.

Esta sexta-feira, se puderem, não deixem de passar pelo Centro de Cultural. Ficarão, com certeza, mais conhecedores deste pedaço de história e das referências, prometidas, a Campo Maior. Quem sabe não ficaremos a saber se há por aqui Maçons e que valores humanistas defendem.

Sem comentários: