domingo, 28 de junho de 2009

Da minha maneira de escrever

O senhor Jack mandou-me um recado aqui há dias dizendo que devia pôr pontos e vírgulas naquilo que escrevo para se perceber melhor o que quero dizer ora ele não deve ter visto o que eu disse no dia 23 de Fevereiro sobre este assunto e então venho esclarecê-lo para que não haja dúvidas que eu andei pouco tempo na escola e nunca consegui aprender onde se põem esses sinais mas não pense que é coisa que não me preocupe até já andei a informar-me como é aquilo das novas oportunidades porque tenho uma amiga que fez o 9º ano na misericórdia mas ela disse-me que se o que eu queria era aprender tirasse daí o sentido porque lá não se aprende nada as pessoas só têm de mostrar o que são capazes de fazer e se eu quisesse ficar com o 9º ano não havia problema porque os trabalhos não custam nada a fazer só é chato que tenham de ficar a saber a vida de uma pessoa porque tem de se fazer um trabalho a contá-la toda desde pequenina e então disse-me ainda que como eu até consigo ir à internet era muito fácil copiar coisas para os trabalhos mas eu não quero isso até porque não acho bem copiar coisas que outros fizeram e então porque estou muito interessada em aprender como se escreve bem acho que vou tomar uma decisão importante que é voltar para a escola e matricular-me num curso a sério onde eu possa aprender e ao mesmo tempo ficar com mais habilitações.

6 comentários:

Jack The Ripper disse...

Cara Urtiga,

Sou leitor recente deste blog, e portanto não tinha lido o seu comentário do dia 23 de Fevereiro.

A pouca instrução não tira a vontade de aprender mais. assim, acho que faz muito bem em regressar à escola.

Se precisar de ajuda pode contar comigo!

urtiga disse...

Jack agradeço muito a sua simpatia em querer ajudar-me e se eu precisar já sei a quem me dirigir.

carlos disse...

Um momento de humor e boa disposição num blog de Campo Maior!
Algo que há muito não se via e que denota o restablecimento saudavel do nosso estado de alma colectivo. A ver quanto tempo vai durar :-)

carlos disse...

só mais uma dica prá amiga Urtiga: ao contrário do amigo Jack eu sou da opinião que deves continuar assim. Não apanhava um prosa tão fluida e cristalina desde " A Jangada de Pedra" ;-)

urtiga disse...

Estou mesmo dividida entre o Jack e o Carlos sem saber se devo mudar ou não a minha maneira de escrever.

Zeferino disse...

Olhe menina: continue a escrever como sabe, o que aliás faz muito bem. Tão bem que a gente até entende o que, não estando escrito, se subentende nas entrelinhas. Há por aí tantos em altos cargos que, mesmo como virgulas e pontos finais, escrevem tão mal, tão mal, que nos vemos à rasca para entendermos o que querem dizer...
Por isso lhe peço. Não mude. Continue a brindar-nos com a candura da sua prosa fresca e cristalina.