quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Austeridade!

Austeridade - carácter ou qualidade do que é austero, rigor de disciplina, severidade...São estes os significados da palavra austeridade que estão no dicionário da língua portuguesa. Infelizmente hoje esta palavra tens outros significados ou manifestações. Alguns deles estão presentes no Orçamento de Estado para 2011. Aumento do IVA para 23% e, tendo resistido até agora ao caminho seguido por Grécia, Espanha e Irlanda, baixa das remunerações da Administração Pública em 5%.
Não esperava que chegássemos a este ponto, talvez estivesse a ser demasiado optimista, no entanto analisando a situação friamente, não havia espaço para seguir outro caminho. Há demasiados erros no passado para poderem ser corrigidos sem medidas dolorosas.
Ainda não li bem todas as propostas mas para já o que se me oferece dizer é que urge cortar a direito com os gastos do Estado superflúos para poder repor estes 5% em anos posteriores. Por exemplo, já é hora dos presidentes de câmara trocarem os seus Mercedes por veículos mais modestos.
E por mais que custe dize-lo e lê-lo não se pode aumentar o número de funcionários do Estado e Autarquias sem uma contrapartida real de trabalho pois a produtividade diminui e portanto menor valor tem que ser repartido por mais.
Recentemente falámos aqui disto mas não esperava confrotar-me com essa realidade tão cedo!

4 comentários:

s.joao baptista disse...

Este dia tinha que chegar!
Agora é saber, se para baixar mais o defice em 2012, para chegar aos 3 por cento, ainda vamos ter que sofrer mais!
Quando temos que reduzir gastos, e se chega ao fim do 1º semestre e a despesa aumenta, e vimos as empresas ligadas ao estado, a poderem gastar mais 7 por cento do que estipulado, era fácil concluir que iriamos chegar a meio do campeonato sem dinheiro.
Agora uma coisa é certa, se pouco cresciamos, agora com este aumento de IVA, e os funcionários públicos com menos dinheiro, a economia vai parar!

carlos disse...

VER AS ÁRVORES E NÃO VER A FLORESTA

Há 1 ano e pouco o Congresso norte americano aprovava uma verba de 720 mil MILHÕES de dolares para salvar o sistema financeiro.

A Europa seguiu-lhe de forma mais modesta os passos com uma verba de 400 mil Milhões de euros.

O dinheiro apareceu.
E foi injectado onde era necessário.
E o sistema financeiro respirou e recompos-se.
E já está neste momento em condições de voltar a ditar as suas regras...

Camponês disse...

Na categoria de “Anónimos” o De Campo Maior recebeu 35 dos 64 votos apurados.
Parabéns. Passa à votação seguinte para escolha de melhor blogue da blogosfera campomaiorense.
Confira; http://campomaiornanet.blogspot.com/2010/10/blogosfera-campomaiorense-no-campo.html

Camponês disse...

Selo disponível aqui:
http://campomaiornanet.blogspot.com/p/selo-dos-blogues-da-votacao-por-temas.html