quarta-feira, 17 de junho de 2009

Do monumento aos bombeiros

Devo já dizer que quando passei a escola do bairro novo e vi o monumento aos bombeiros a primeira coisa que me saltou à vista foi aquela chapa a fingir labaredas e fiquei logo encantada com aquele vermelho que me fez lembrar o meu glorioso e embora eu ache que o fogo não é vermelho aceita-se a liberdade criativa como está sempre a dizer a minha mãe sobre os quadros dela mas o que eu achei estranho foi aquele buraco na chapa que parece que quer representar um bombeiro porque tem um capacete como os que eles usam mas um bombeiro vazio é coisa muito estranha e gostava que me explicassem o aquilo quer dizer se o bombeiro fugiu ou se morreu no fogo e o monumento tem ainda aqueles dois pilares com um tubo a ligá-los também não sei o que querem dizer com aquilo porque me parece mais uma daquelas barras onde fazem ginástica e aí eu pensei que como cá em Campo Maior têm a mania de fazer obras que são dois em um como é o caso das fontes que servem também para pôr os palcos das tradições se o monumento não seria também uma homenagem ao Campomaiorense porque o estádio está mesmo por detrás daquela coisa mas agora o que eu não achei piada nenhuma é ao que está escrito no mármore do degrau do monumento e que é assim "Alguns homens nascem grandes outros conseguem sê-lo pelos seus feitos" ora eu não percebi o que querem dizer com isto dos homens nascerem grandes e além disso acho uma grande discriminação contra as mulheres e até deviam processar o autor da frase porque na constituição é proibida a discriminação entre homens e mulheres mas o que eu penso do monumento é que ele até é bem modesto no aspecto e no meu entender não deve ter custado muito dinheiro e eu fico muito satisfeita quando vejo que o senhor presidente e os outros da câmara mostram que o nosso dinheiro não é para gastar em grandezas que não servem para nada.

7 comentários:

Cardo disse...

Vamos estabelecer de uma vez por todas que, segundo decisão conscientemente assumida pelos autores deste blogue, não estamos dispostos a consentir comentários mal escritos, ordinários, portadores de insultos, insinuações ou calúnias.
Exactamente porque pensamos que democracia e liberdade não é consentir tudo, mas apenas aquilo que se configura com as regras estabelecidas para uma maneira civilizada de conviver em sociedade.
É um direito que nos assiste tal como assiste a cada um de nós, cidadãos, o direito de só consentirmos que entre nas nossas casas quem respeite os nossos direitos e se comporte de maneira bem educada.
Como se prova pelos comentários já publicados, os que se apresentam correctamente em termos de linguagem, de comportamento e de atitude não são excluídos mesmo quando defendem ideias não concordantes com as nossas.
O blogue é uma criação nossa, assumida como tal e temos sobre ele o direito de selecção que entendermos que é a mais correcto.

Jota disse...

Quando se fala em Homem com "H" grande as mulheres também estão inseridas... Portanto não ha discriminalidade nenhuma!
Simplesmente não gosto da estátua, está demasiadamente feia!
Cumprimentos

fulano com blogue disse...

Pois em relação ao post, tenho a dizer que, apesar de não ter pontuação ortográfica, está bastante pertinente e diria, até, que concordo em certa medida, pois gostos, arte e afins não se discutem , né?

Em relação à frase que lá está, concordo com a opinião da urtiga quando se refere ao esquecimento das mulheres. Se ao menos tivessem escrito homem com H, ainda vá...

... e o que o cardo disse apoio 100%, se é só pra "enxuvalhar", então resignem-se ao silêncio! Apoiado!

Um que viu... disse...

Menina Urtiga
podia ter chegado mais ao pé do monumento e ter reparado que não há discriminação às mulheres, pois a frase que lá está escrita está toda em maiúsculas, dai o H englobar homens e mulheres, porque afinal também há mulheres bombeiras, como estava longe, podia ter reparado que o bombeiro tem uma criança ao colo que só se nota a cabeça pois o corpo do bombeiro protege a mesma. Já agora o arco representa a porta da vila e a água representa um dos quatro elementos essenciais à vida, e, o pedestal onde assenta é um triângulo equilátero, a geometria do equilíbrio que rege a humanidade. A frase, ou citação, representa grandes Homens, não pela estatura mas sim pelos seus feitos, Homens que deram a sua vida aos bombeiros esquecendo que tinham família própria, "amavam" mais os outros que a própria vida. Para que serve; bom isso já depende do ponto de vista de cada um, há quem queira mal aos bombeiros, há quem lhes queira bem e ainda aqueles do deixa andar que deve ser a maioria ou seja devem ser por volta de 5.000 que é o numero de eleitores que não foram a votar, e que agora criticam uma simples homenagem (embora cara segundo o Sr. João Muacho diz) aqueles que nas suas horas vagas deram e continuam a dar, a sua ajuda a quem precisa.
Se foi a altura ideal isso já não sei, porque afinal os bombeiros só fazem anos (parece-me) la para Outubro, ai sim era a data ideal, mas nessa altura já tinham sido as eleições.
Volto a apoiar o Sr. Cardo no que aos comentários diz respeito, não deixe "achincalhar" o blogue.

urtiga disse...

Quero agradecer ao senhor "Um que Viu" as explicações sobre o monumento aos bombeiros e lembrar-lhe que eu já em Maio escrevi aqui sobre os bombeiros e o bom trabalho que eles fazem para ajudar as pessoas mas também sei que o quartel dos bombeiros precisa de ser arranjado e também é preciso uma nova viatura e a minha dúvida é sobre onde seria mais importante gastar o dinheiro no monumento ou nas outras coisas de que eles precisam?

Um que viu... disse...

Ora ai está menina Urtiga e desculpe estar cá outra vez, mas penso que por ai é que devia ter ido a postagem;
O que fazia mais falta?
O quartel não mete agua pela placa?
(ver pagina João Muacho)
Não fazem falta mais ambulâncias?
Não há falta de voluntariado?
Será necessário meter mais bombeiros profissionais?
Ou foi mais uma "obra" para eleições?
Continue assim menina Urtiga mas atenção ás postagens, sem querer pode ferir alguém que pelo caminho seja apanhado no meio de uma postagem mal direccionada.

urtiga disse...

Senhor "Um que Viu" eu só não quis repetir o post que escrevi em Maio e onde falava dessas coisas todas como pode ver em
http://decampomaior.blogspot.com/2009/05/dos-bombeiros.html
e é tudo um problema das opções políticas que estão a ser seguidas nesta terra.