sexta-feira, 3 de abril de 2009

Sim nós podemos 5

Eu acho que a importância de uma terra se vê pela quantidade de rotundas que tem senão vejam o que acontece com Elvas que antes de se entrar na cidade há uma quantidade de rotundas que até já lhe perdi a conta e cada uma enfeitada de maneira diferente com água com repuxos com estátuas eu sei lá mais o quê ora em Campo Maior quase não há rotundas só aquela pequena em frente à escola do Bairro Novo com umas plantinhas para animar uma outra maior na zona industrial que não tem graça nenhuma porque só tem buxo à volta e um candeeiro no meio e a outra na estrada nova que fizeram e a que chamam variante e esta sim está bem bonita com aquelas máquinas todas dos antigos lagares e estas rotundas são de grande utilidade porque passam por lá muitos carros e assim não há engarrafamentos mas deviam construir-se mais rotundas mesmo que sejam apenas postas no meio da estrada que já vi muitas assim noutras terras para que as pessoas que chegam a Campo Maior possam dizer aqui está uma terra importante e não me venham dizer que não há dinheiro para fazer estas obras porque isto é sem qualquer dúvida uma prioridade igual à das obras que se estão a fazer no jardim e que atrairia muitos mais turistas para visitarem a vila.

6 comentários:

camionista disse...

é verdade isso das rotundas mas tambem as podiam por de maneira que estivessem mais visiveis como é o caso dessa da zona industrial que as pessoas tem que fazer uma volta quase a sair da estrada e o pior não é so isso quem vem da hutchinson não se justifica dar aquela volta mas essa tem que acabar vamos ver agora quando o garrancho tiver a obra acabada e os camiõs ali a dar a volta vão fazer buracos que vão fazer inveja a piscina nova.

Anónimo disse...

Venho para aqui escalmurrado de outro lado que me deixou com pouca vontade de lá voltar.
Sigo-vos há já algum tempo mas ainda não consegui descortinar o que é que pretendem com este blogue. Se me disserem que é apenas para divertir o pessoal, os meus parabéns porque o conseguem atingir plenamente e obrigado porque trazem um ar civilizado e inteligente para o meio desta atmosfera que se tornando escura e irrespirável.
O que não entendo é como é que o taciturno pensador Gavião, o procurador incansável Cardo e a desvairada da Urtiga, fazem no mesmo saco.
Mas lá que resulta, resulta. Um grande abraço triplo se é que é apropriado tentar abraçar fantasmas que não sabemos quem são, onde vivem, nem mesmo se de facto existem.Se calhar são a projecção dos sonhos que vamos sonhando para escaparmos à triste sina que nos coube viver.
Continuem que eu estou a ficar saudávelmente dependente deste vício de vos ir espreitando.

Cardo disse...

Caro espreitador: De facto, numa terra que lê tão pouco e que, ao que parece, selecciona mal aquilo que lê, pareceu-me ser de grande utilidade pública insistir na divulgação de textos que me parecem trazer mensagens importantes que nos façam reflectir.
Fico satisfeito por nos ter entendido. O seu comentário é um exemplo de lucidez e de boa vontade para com aquilo que os outros vão construindo pensando em nós.

Gavião disse...

Confesso que eu próprio me acho demasiado taciturno para não dizer mesmo muito chato.
Cada um nasce com o feitio que nasce e o meu é este.
Olhe que, apesar disso, tenho bastante sentido de humor. Se não, como é que eu conseguiria aturar os desvarios da menina Urtiga?
De todos os modos, é bom ter leitores como o que parece estar por detrás deste comentário.
Sou eu que agradeço.

urtiga disse...

Sr. camionista o que importa é haver rotundas mesmo que sejam mal feitas e não sirvam para coisa nenhuma mas a verdade é que as outras câmaras têm feito rotundas para dar e vender é claro que isto tudo resulta deles nadarem em dinheiro e as rotundas são obras de primeira necessidade e aqui na vila são mais importantes do que arranjar as casas do centro histórico ou até as muralhas e agora vou responder ao senhor anónimo que me chamou desvairada olhe que não gostei mesmo nada posso ser um pouco aérea mas as minhas análises são muito sérias e procuro contribuir para melhorar a nossa querida terra e agora mando beijinhos aos dois porque parecem ser pessoas muito sérias.

Anónimo disse...

aqui em campo maior falta práticamente tudo, como toda a gente sabe,não projectos, porque o sr. presidente não está interessado, tem uma política de não fazer nada para bem do povo,primeiro a familia dele e os lacaios depois o povo, enfim é o que temos