segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Rankings das Escolas…sem pena nem glória!


Foi publicado, na edição do Expresso, desta semana o ranking das escolas nacionais apurados com base nos exames efectuados no ano lectivo passado. Os resultados são fracos no que diz respeito às escolas do concelho. Em nenhum caso os resultados ficaram na primeira metade da tabela. Nas disciplinas de Português e Matemática, na secundária, os resultados não foram melhores.
Assim a Escola Básica São João Baptista ocupou a posição 676 num total de 1144 escolas. Na Secundária, e falando de exames de 9º ano, a escola ocupou a posição 734 de um total de 1330 e nos que diz respeito aos exames de 12º ano a escola ocupou a posição 362 de um total de 492. Olhando para as disciplinas individualmente, e falando apenas de Português e Matemática, obteve-se a posição 340 sobre 608 em Português e em Matemática, um autêntico desastre, a posição 482 de um total de 607.
São números que merecem reflexão, não só pelos resultados em si, mas porque é uma situação que se vem arrastando há muitos anos a esta parte independentemente de quem seja o responsável pela gestão do agrupamento. Algo necessita ser feito, é necessário criar um compromisso entre encarregados de educação, escola, professores e alunos para que os resultados melhorem. É preciso destacar os melhores alunos premiando-os, destacar os melhores professores, os que não faltam e os que conseguem obter melhores resultados. É preciso reinventar a nossas escolas porque, tenham a certeza disso, não é com o Centro Escolar que tudo se resolverá. Se todos vamos investir nesse centro através de impostos temos o direito de obter o retorno desse mesmo investimento de uma forma altamente satisfatória.
Já agora, alguém dá explicações? Digo de Português e Matemática porque explicações sobre a educação já sei que ninguém as dá e alguns teimam em não as pedir.  

17 comentários:

Senhor Calúnias disse...

Uma vez falei acerca do problema. É preciso repetir???

Anónimo disse...

Jack the Ripper

Já agora, para complemento, a Escola Básica de S. João Baptista, é a última do ranking a nível do distrito de Portalegre.

Uma vergonha!!!!!!!

Anónimo disse...

Em resposta ao anónimo das 14.45:

Escola Básica de S. João Baptista - 7º lugar num total de 20 escolas do distrito que realizaram exames de 6º ano.
Vergonha é a divulgação de dados errados.

Anónimo disse...

Vergonha é o facto das escolas de Campo Maior serem as piores do Distrito de Portalegre, e Portalegre das piores do país. Segundo alguns iluminados que por aqui assomam, isso deve-se ao facto de os alunos de Campo Maior serem burros, e os pais de Campo Maior maus educadores. E os professores para o que servem ???Eu sei para o que servem....

Anónimo disse...

Então diga lá para o que servem!

Jack The Ripper disse...


para o anónimo das 14:45,

Verifiquei o ranking e efetivamente há 13 escolas do distrito com piores registos que a escola de S. João Baptista. Há que verificar os dados primeiro!

Mestre Pandemónio disse...

Já viu a agenda cultural deste mês? Então dê uma vista de olhos e, se quiser, elabore um post acerca da (in)cultura que se pratica na nossa terra! Uma vergonha! Campo Maior também tem juventude. Só vejo actividades para os idosos, "Noite de fados" (já enjoa!!) e no cinema... bem... no cinema... o "interessante" filme dos "Morangos com Açúcar". Até dá dó!

Anónimo disse...

Jack The Ripper

Peço desculpa pela imprecisão, em que escrevi que a escola Básica de S. João Baptista, seria a última do ranking no distrito de Portalegre. Na realidadde, foi um dado obtido através do jornal diário " Correio da Manhã", não confirmado por mim, em fontes oficiais e que dão o 8.º lugar entre 21 escolas. Reposta a verdade, penitencio-me perante o erro.

Jack The Ripper disse...


Mestre Pandemónio,

Falarei disso num post próximo. Obrigado pela sugestão

Barroperário disse...

oh pandemónio, nos tempos da outra vereadora também criticou assim a cultura que cá se fazia ?? Sim, porque era sem tirar nem por igaul, ou julga que melhor?? com a vantagem que em termos financeiros era "fartar vilanagem "....Se criticou só tenho de elogiá-lo pela sua frontalidade e isenção, senão , meta a viola no saco....

Mestre Pandemónio disse...

Caro Barroperário, por acaso não tenho provas da minha crítica mas gostava de ter para o senhor ficar mais descansado. No entanto, passado é passado. Apesar de estar ciente de que a vereadora anterior desempenhou um trabalho paupérrimo a nível cultural (tem toda a razão!), tenho a dizer que o trabalho desta vereadora e o restante executivo em torno da cultura tem sido "pauperríssimo". Se está a pensar que sou a favor de uns e contra outros, tire o cavalinho da chuva. Se estiver olhos na cara, tem de concordar comigo. Já agora, pergunto-lhe: deu alguma vista de olhos na agenda cultural deste mês? Ou é daqueles que acha que tudo é bom e maravilhoso para alimentar uma crença que não existe? Para mim, a agenda cultural é uum "papelucho"; para o senhor pode ser uma obra literária. Se for... respeito...

Barroperário disse...

Oh amigo Pandemónio, relevo essa sua indelicadeza da obra literária-papelucho, sou ignorante mas não tanto como o senhor pensa....mas atente que este executivo está, em tempo de penúria financeira, e após terem herdado mais de um milhão de euros de dívidas, a honrar compromissos que os anteriores assumiram - onde é que eu já vi este filme ?????-

Mestre Pandemónio disse...

Sabe o que lhe digo, Barroperário? Só um cego é que não vê que só têm dinheiro para o que querem, para o supérfluo. Não foi minha intenção chamar-lhe ignorante. Até lhe dei razão quando falou do antigo executivo. No entanto, vejo que não quer ver certas e determinadas situações. Digo-lhe: não é preciso ter-se muito dinheiro para se fazer cultura. Faz-se muito boa cultura a preço "low-cost". Viage mais para tirar essa conclusão!
Um abraço, caro amigo!

Jeanne d'Arc disse...

Meus senhores, quando se está em cima da montanha, a montanha não se vê !
Desçam da montanha e observem como é gigantesca a ignorância em CM e em Portugal!
Capitulem meus caros, capitulem !
Não vale a pena arranjarem bodes expiatórios...
Ainda não perceberam que em Portugal só se trata a forma, nunca se tratar o fundo ?
Falando dos maus resultados escolares das crianças de CM, como querem ter crianças inteligentes com pais incultos que deixam os filhos ao "Deus dará" durante o serão, sem se preocuparem se as crianças assimilaram os Trabalhos de casa, feitos nos famosos ATL's que dão tanto jeito, pois Já-vêm-de-lá-com-tudo-feito é só chegar e verem televisão até ao jantar e depois do jantar, mais televisão e playstation! Livros, revistas infantis, actividades culturais não são necessários, isso é para os parvos dos intelectuais...
Plantam batatas e querem colher orquídeas!
Quanto à cultura, direi que as 2 vereadoras evocadas (a precedente e a actual) não valem 1 e que a culpa não é nossa! Mas, que podemos fazer para manifestar o nosso desagrado, atirar-lhe com uma caixa de tomates pobres no próximo serão de fados ?
Seria isso uma forma de reivindicar mais qualidade no programa cultural ? Se for o caso, vou já comprar 3 caixas de tomates para irem apodrecendo !

Barroperário disse...

não há dinheiro para viagens,caro pandemónio.....vamos bebendo alguma coisa da vida da maneira que se pode....

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Jack The Ripper disse...
Este comentário foi removido pelo autor.